Links

26.1.08

Passeio à Raposeira/Carrapateira

Há umas semanas atrás, no primeiro Domingo das férias do Natal, realizou-se o passeio de final de período para a malta do clube de BTT, da escola de Boliqueime.
A partida da caravana em direcção à Raposeira estava prevista para as 7h.30, mas como sempre, as coisas demoraram mais alguns minutos.
Apesar do imenso frio, todos estavam com a pica para dar umas valentes pedaladas.
Quando íamos na auto-estrada, avistava-se no fundo dos vales e dos barrancos camadas de geada, sobre a terra e sobre as plantas. O frio prometia.
Por fim, lá chegamos à Raposeira, e logo começamos a preparar as coisas para dar início ao precurso.


Com cerca de 19 participantes, lá começamos a subir pelas ruas da aldeia. O ar estava ainda bem frio, mas o céu estava limpo, com um lindo sol.
Durante a manhã, o percurso desenrolou-se pelas vertentes da Serra do Espinhaço de Cão. No princípio, o caminho era de areia solta, por entre Eucaliptos, mas como ainda estava húmida não ofereceu grandes dificuldades. E continuamos até aos moinhos.



A partir daí, começaram os estradões com alguma pedra solta. Ainda estávamos com alguma altitude.
Ao longo deste estradão foi possível apreciar as paisagens da serra e alguns currais com cabras.
Mais à frente vieram as descidas até ao fundo da serra, e depois parámos ao pé de uma barragem.



E lá, continuamos nós a descer até às profundezas da Serra do Espinhaço de Cão. Ao chegar a uma ribeira, fizemos uma curta paragem para comer qualquer coisa, carregar energias e fazer chichi.




De seguida voltamos a atacar os estradões de pedra solta e até à praia da Carrapateira, quase que não houve subidas nem descidas, e sempre a um ritmo calmo.
Por fim, ao longo de alguns quilómetros, lá chegamos nós à praia. E lá estavam os pais com o nosso almoço.
Depois de termos a barriga cheia ouve tempo para descansar um pouco,...

...para dormir,...



...para rir um bocado,...
...e para tirar uma foto ao grupo.


Depois do excelente "pic-nic" , chegava a hora de pegar nas Bikes e iniciar a viagem de regresso à Raposeira.
Os mais novos foram com os pais para a Raposeira e os mais velhos seguiram nas Bikes.
Nesta parte, o percurso foi sempre pela costa. Nesta zona de falésias impressionantes tivemos ainda a oportunidade de praticar um pouco de "Geocaching". Assim, apontamos o GPS de encontro com uma cache desta zona.

Depois tivemos de deixar o caminho junto à costa e fomos em direcção à mata de Eucaliptos por onde tinhamos passado inicialmente.
Só que surgiu um pequeno probelema, ao passarmos junto a uma casota com cães,fomos atacados por um grupo de cerca de 20 cachorros que parecia que queriam vir conosco até à Raposeira e por isso tivemos que fazer um pequeno desviu.
Mas quando voltamos ao caminho previsto, surgiu a maior dificuldade do dia, uma enorme subida que mais parecia não ter fim, e que nos deixou a todos de língua de fora.
Por fim lá encontrámis a estrada e depois de algumas centenas de metros, lá chegámos perto dos moinhos.
E ainda encontrámos mais uma cache.


E lá fizemos os ultimos metros do percurso até à aldeia da Raposeira.
Quando chegamos, foi hora de arrumar a troxa, despedir-mo-nos uns dos outros, desejar bon Natal e feliz Ano Novo, e seguir até Boliqueime.

3 comentários:

ti babi disse...

temos de ir lá outra vez.

Ti Paulo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ti Paulo disse...

Não te preocupes. Pois, no final do ano lectivo terás a tua oportunidade de voltar. Alíás, será uma dose tripla, não é verdade!